Srª Paixão:

Pois é, chegou a nossa vez de comemorar um ano de Vida a dois e queremos compartilhar um pouquinho dessa experiência com vocês.

Parece que foi ontem que eu disse SIM para aquele que tem sido meu parceiro desde o primeiro olhar trocado, mas não foi ontem, faz um ano, e eu não tenho palavras pra agradecer a Deus pelo esposo, amigo e companheiro que Ele me preparou.

É só um ano, e já vivemos tantas experiências, vivemos tantas batalhas, e continuamos de pé, porque temos um ao outro como pilar, pra nos mantermos firmados no que decidimos a um ano atrás, passamos sim algumas dificuldades, teve discussão, choro e birra (da minha parte) mas teve também, riso, felicidade, viagem, carinho, companhia, amor e muito, muito trabalho, muita Paixão.

Sobre o ano que passou.

Nós vivemos um ano cheio de obstáculos, provações, e não foi fácil passar por cada um, mas o que nos mantém vem do céu, não vem de nós, as vezes penso que se não fosse pelo espírito santo de Deus, nós teríamos desistido, não é fácil você deixar sua casa, sua família pra se juntar a alguém que teve uma criação diferente, que teve uma educação diferente e de repente vocês tem que viver a mesma vida, puts, é complicado.

Sabe aqueles clichês de toalha molhada na cama e tampa da privada erguida? Pois é, isso é real, mas os objetos mudam, pode não ser a toalha, mas o tênis no tapete ou a roupa no chão, a diferença é você saber lidar com as diferenças do outros, nada do que citei aqui vem só do meu marido, eu também tenho meus defeitos, e também estou aprendendo a ser UM com ele, e a vida segue assim, cada dia um cede pra ver o outro contente, e então o “coração fica cheio” de Amor pelo outro que soube ver a sua necessidade.

Casamento é coisa séria, é de Deus sim, e é muito triste pra nós, que estamos vivendo e trabalhamos com isso, ver muitos casais se desfazendo na primeira dificuldade, ou na terceira que seja, mas que um não soube ver o outro além daquilo que é externo, é triste, mas é real, acontece todos os dias, e sinceramente, eu acredito que o primeiro ano é difícil mesmo, mas eu desejo que venham muitos outros “primeiro anos” pra nós, porque esse só nos fortaleceu.

Eu tive que sair de casa pra trabalhar fora, e no começo isso me desmontou, mas serviu sim de aprendizado, meu marido tem sido meu porto seguro em dias de tempestade, ele me ajuda, apoia e ama de uma maneira que as vezes tenho medo de não conseguir retribuir, mas graças a Deus, não preciso, ele me ama sem nada em troca e por isso meu amor por ele acaba sendo recíproco sem culpa.

Eu desejo a você, um amor como o meu, um amor como o de Deus por nós, porque eu não sei se existe alguém nesse mundo que consegue viver sem Amor.

Primeiro Ensaio como Casal Paixão

Agora eu quero falar um pouco desse Ensaio lindo que a Nati e João fez no nosso aniversário de casamento. Eu sempre pensei no meu vestido de noiva, sempre sonhei com ele, mas a vida vai passando e nós vamos amadurecendo e as ideias vão mudando também, e com isso eu queria o meu vestido a minha cara, e ficou, mas eu também tinha o sonho de ter ele pra mim, de guardar, e conseguimos realizarmos esse desejo.

Porém depois do casamento me bateu aquela coisa, eu nunca mais vou usá-lo denovo? Daí surgiu a ideia de um ensaio com a roupa do casamento, falei com o João, ele topou e eu não contei minha vontade pro Allysson, porque queria tentar fazer surpresa, e foi, não sei como ele não chorou, mas vestimos novamente as nossas roupas e fomos onde dissemos nosso SIM e deixamos que as lentes mais talentosas desse Maringá registasse com Amor o nosso Amor, simples, singelo, mas com uma carga gigantesca de experiências vividas…

Não foi só lindo, foi emocionante, foi fantástico e o resultado surpreendente, cada detalhe, cada olhar foi capturado com a essência que realmente temos em nós, e isso me cativa na Nati e João, eu poder ser eu, poder rir e fazer cara feia e mesmo assim ter uma foto cheia de significado. Obrigada cumpadres por proporcionarem esse momento pra nós e que os casais percebam a essência da sua Fotografia sempre.

Sr Paixão:

Não restou muito pra eu dizer, mas acrescento as palavras bíblicas de que:

“O homem que encontrou a sua esposa, achou o bem, alcançou a benevolencia (bondade ou afeto) do Senhor.” Pv 18.22

 

Este post tem um comentário

  1. Melhor casal… Para mim como padrinho e fotógrafo, foi um dos maiores privilégios que Deus me deu, fazer parte da vida de vocês, nesse momento tão especial…. Admiramos vcs… <3

Deixe uma resposta

Fechar Menu